Google

Os Vingadores – The Avengers: Critica sem spoilers

Essa semana e pelas próximas semanas, Os Vingadores será o tema de muitas conversas e discussões pelo Brasil e o mundo, no Heroi X não será diferente. Nosso #HEROPOWER está no limite e vamos dar uma atenção especial e vamos até arriscar a fazer coisas totalmente novas. Essa é apenas a previa da crítica oficial que vou liberar nesta semana. O texto a seguir, não contém muitos spoilers.

Os Vingadores reunidos The Avengers united

Os Vingadores – The Avengers foi o filme da década. Está num nível nem acima, nem abaixo de O Cavaleiro das Trevas, está ao lado, em uma dimensão paralela. Não é um filme, é uma história em quadrinhos em movimento, em toda sua complexa simplicidade.

O roteiro tem um milhão de referências a diversas sagas dos quadrinhos, ao conteúdo dos filmes anteriores e sem deixar de criar novos elementos.

Vingadores reunidos

Foi um filme que se fechou muito bem, a trama veio toda amarrada e pegou todas as pontas soltas deixadas nos filme anteriores. Como os personagens já foram evoluídos em seus filmes, então eles não precisaram evoluir individualmente, mas sim como equipe. E foi isso que aconteceu e como toda união, ela veio pela perda de um membro querido do público.

Tony Stark (Robert Downey Jr), nosso querido Homem de Ferro foi carismático que interagiu com todos os membros; Capitão América (Chris Evans) fez tudo o que um superhumano pode fazer num grupo daquele; Thor (Chris Hemsworth) foi o semi-deus que sempre foi; Hulk (Mark Ruffalo), não roubou a cena, ele a esmagou; Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) fez um bom arco para que não possuía história no universo de película e a Viúva Negra mostrou que realmente não é só o rostinho (e corpão) bonito de Scarlett Johansson.

Veja também:  Imagens da Semana 20: Heróis na depressão pós Os Vingadores!

Os Vingadores Viuva Negra Scarlet Johanson

Loki (Tom Hiddleston) e Nick Fury (Samuel L. Jackson) tiverem seus papeis na medida certa. O deus das travessuras fazendo a sua maior travessura de todas e o diretor da SHIELD fazendo com que seus alunos aprendam sua principal lição: Devemos confiar no coleguinha do lado e trabalhar em equipe.

Além do exército Chitauri, mais dois personagens fazem uma aparição: Um como líder dos Chitauri e outro, na verdade, outros se apresentam como lideres da SHIELD.

Não se enganem pelos trailers, quase todas as frases e sequencias estão em ordem aleatórias e o que parece bom, na verdade é excelente.

E no mais, só tenho a agradecer a Joss Wheedon e a toda equipe da Marvel Studios pelo filme maravilhoso e que irá bater recorder de bilheteria e no coração do público. Avante Vingadores.

Nota do editor: Se já leu essa critica, espere a próxima no domingo e poste no seu twiter a tag #HEROPOWER

Trailer:

Adicione o Heroi X no FacebookTwitter, PinterestYoutube, Instagram e Google plus. Entre no grupo HEROPOWER.

Leia também:

E se Dragonball fosse americano?

Goku versus Superman: O encontro de dois mundos

Total Recall – O Vingador do Futuro tem primeiro Trailer

The Walking Dead – Crítica da segunda temporada parte 2

O Hobbit – Uma Jornada Inesperada ganha um trailer muito esperado

One Comment

Como diria Yoda: com a palavra você está