Google

Os cavaleiros do Zodíaco – Gemini: cap 2 – Destino

gemini-saga-kanon

Antes de começar, eu gostaria de agradecer a todos os que leram o Capítulo I. Também gostaria de acrescentar algumas informações sobre esta mini-saga. Ela é composta de quatro partes sendo lançadas quinzenalmente. Alguns fatos estão direntes da saga clássica e suas derivadas, pois eu fiz um polimento na história de modo a deixá-la atual e mais verídica, além de amarrar pontos que meus mestre Kurumada, os roteirista e diretores do anime deixaram soltos. Então, não estranhem datas e idades diferentes, tudo faz parte de um processo de renovação.

Obrigado.

Por: Dr. M. Barreto

Capítulo II: Destino

Após as lágrimas secarem, a vida continua.

Os meninos voltaram com o corpo morto do pai. Kanon colocou-o nas costas e seguiu cambaleante de volta ao Santuário, enquanto Saga corria na frente para avisar aos sentinelas de sua chegada.

À noite, o corpo do general foi velado no cemitério dos Cavaleiros, onde residiam os corpos dos milhares de cavaleiros que morreram nas eras passadas. Um templo gigantesco e maravilhoso, com uma estátua central de Atena e escritos nas paredes, contando a história dos heróis que ali jaziam. Um simples general ser enterrado ali era a maior honra que lhe podia ser feita. Tudo graças ao Grande Mestre que o reconheceu como um legítimo defensor de Atena. Estavam presentes os gêmeos e sua mãe, Gigars (o outro general o Santuário), Ares de Altar (irmão e conselheiro do Grande Mestre) e o Grande Mestre em pessoa.

Aquele foi um dia de grande lamurio, pois Dilios era muito querido entre suas tropas. O único que não parecia estar desolado era Gigars, pois sempre invejou a popularidade do companheiro. O Grande Mestre se aproximou dos gêmeos e abraçou a ambos. Saga sentia seu cosmo quente envolver-lhe por completo, nunca havia experimentado nada parecido. Kanon sentiu sua tristeza desaparecer como as trevas se dissipam quando uma luz surge.

– Meus meninos, vocês tiveram uma grande perda e mesmo assim enfrentaram uma dura batalha sem hesitar –A voz do Grande Mestre era gentil e penetrava nos corações dos garotos. Essa é a prova indubitável de que vós sois Cavaleiros de Atena. Cresçam e se tornem fortes para honrar o legado de seu Pai.

O tempo passou e a cada dia, os gêmeos renovavam a promessa feita ao Papa. Kanon e Saga treinaram juntos por mais 3 anos, descobriram o sétimo sentido e ampliaram a Explosão Galáctica a um nível nunca sonhado por seu pai. Conseguiam abrir uma outra dimensão e atravessar seu cosmo por ela, criando a técnica “Outra Dimensão” com este aprendizado. Estenderam seus conhecimentos a um patamar no qual guerreiro algum os venceria. Mas, no último ano de treinamento eles foram aconselhados por Ares a viajar separadamente ao redor do mundo e descobrir a vida fora dos muros invisíveis do Santuário.

Veja também:  HEROVIDEO 23 - Cavaleiros do Zodiaco idiotas!

Kanon treinou em Porto Rico. Conheceu a região denominada de triangulo das bermudas e ajudou ao máximo as pobres pessoas daquele país. Saga foi para o Golfo Pérsico. Viu os horrores de uma guerra que devastou quase metade do território iraquiano e matou milhares, senão milhões de pessoas. Saga sempre rezava para que Atena renascesse logo e terminasse com o sofrimento de todas aquelas pessoas, pois o que ele podia fazer por eles era pouco perto do poder da Deusa Atena.

E lá estavam eles um ano depois, frente a frente. Todos que estavam no enterro de seu pai, somados a uma multidão de soldados, apenas esperando a luta começar. O Grande Mestre os chamou a sua sala horas antes da luta começar. Os irmãos estavam de joelhos e de cabeça baixa de frente para o trono onde o representante de Atena estava sentado, com seu irmão de pé do lado direito.

–           Vocês dois têm poderes incríveis, eu devo dizer –disse o Papa solenemente. Vosso pai estaria orgulhoso.

–           Obrigado, senhor –disseram ambos respeitosamente.

Ele ainda possuía a mesma voz solene e encantadora, pensou Saga. O Grande Mestre estava passando por maus momentos, pois a idade chegava mais rápido do que ele imaginava. Estava doente naqueles dias e mesmo falar já era cansativo.

–           Devo dizer que só há uma Armadura de Ouro de Gêmeos, mas pelo que vejo existem dois cavaleiros para a terceira Casa do Zodíaco.

–           Como assim, Mestre? –perguntou Kanon erguendo um pouco a cabeça.

–           Não importa o resultado da luta, a Casa de Gêmeos terá dois cavaleiros, um que vestirá a armadura e o outro será 89o Cavaleiro do Zodíaco. Sempre que um não puder usar sua vestimenta o outro deverá faze-lo, entenderam –eles estavam estupefatos com essa revelação e não puderam murmurar mais do que “sim”. – A luta de hoje só nos mostrará quem tem o maior valor para ter o título oficial de Cavaleiro de Ouro da Casa de Gêmeos.

Na arena do Coliseu do Santuário estavam frente a frente, Kanon (de túnica azul) e Saga (de túnica verde). Sua mãe acena para ambos e Ares foi quem deu a ordem para começar o combate.

Kanon partiu para cima com um poderoso soco, do qual seu irmão se esquiva e contra-ataca com um chute igualmente forte que é bloqueado por Kanon. Os dois retornam às posições iniciais e partem um em direção ao outro com vontade e garra. Desferindo milhares ou talvez milhões de golpes por segundo.

Veja também:  Cavaleiros do Zodíaco Gemini: Cap 3 - A Face da Maldade

–           Por Atena, nunca vi nada parecido! –gritou um soldado.

–           Será que são mesmo humanos!? –berrou outro.

–           Acho que são deuses ou demônios disfarçados de pessoas! –falou um outro.

–           Nada disso –disse uma voz feminina. Eles são os meus filhos – a mãe dos gêmeos estava sorrindo. Dilios teria ficado feliz ao ver esse dia –pensou, deixando uma lágrima cair.

Os borrões verde e azul se chocavam intensamente no ar, com uma aura dourada envolvendo-os. A energia desprendida dos golpes destruía o chão abaixo, para terror dos soldados que assistiam. De repente os borrões se separam e vemos os gêmeos de volta.

–           Nossas forças são equivalentes, Saga –disse Kanon ofegante.

–           Pelo que parece, essa será uma guerra de mil dias, maninho –falou Saga igualmente ofegante, mas com um sorriso de satisfação no rosto.

–           Não quero esperar tanto tempo –Kanon disse sério. Acho que não tenho escolha, vou ter que usar aquilo –disse Kanon desfazendo a pose de luta.

–            O que? –espantou-se Saga.

Kanon elevou seu cosmo ainda mais alto do que antes para delírio da platéia. Até o Grande Mestre que em tempos remotos apresentava um poder quase divino se surpreendeu com tamanha energia cósmica reunida num só ser. O cosmo de Kanon continuava a crescer, sua aura dourada o encobria por completo. Saga observava incrédulo a ação de seu irmão, não pela magnitude do cosmo, pois seu poder era igualmente grande, mas pelo que ele sabia que viria a seguir.

A aura de energia atingiu estabilidade e parecia regredir, daí podemos ver Kanon com as mãos erguidas para o céu, antebraços entrelaçados e com as mãos de costas uma para outra. Saga do outro lado do Coliseu esbravejou:

–           Meu irmão, você está louco!? –gritou num tom reprovador de irmão mais velho (mesmo que apenas cinco minutos tenham separado o nascimento dos dois). Se fizer isso você vai condenar muita gente inocente à morte, até mesmo a mamãe.

–           Não me importa! Eu irei vencer você de qualquer jeito, Saga! –disse dando uma sonora e característica gargalhada, muito odiada na época atual. É melhor se preparar!

O cosmo de Kanon se acumulou completamente entre suas mãos e podia se observar uma janela para uma galáxia com planetas, nebulosas e estrelas. Saga ascendeu seu cosmo rapidamente e em sua mente veio uma definição do ataque de Kanon:

“Para invocá-lo é preciso que o cosmo atinja nível tal que sejamos capazes de abrir um portal para um universo distante e oculto. O vácuo do espaço infinito unido a seu cosmo cria uma atração que leva tudo a ser absorvido para onde não se poderá mais voltar, onde a vida e a morte são a mesma coisa”.

–           Outra Dimensão!!! –brandiu Kanon.

Veja também:  Saint Seiya: The Lost Canvas em Anime!!!

Saga sentiu-se atraído pelo poderoso ataque, viu vários objetos e pessoas voarem para dentro da Outra Dimensão, e não fez nada para fugir, ao contrário, em um centésimo de segundo ele saltou para frente, postando-se na retaguarda do irmão, atingindo-o com uma ombrada a altíssima velocidade. Kanon caiu no chão, bem com as pessoas que estavam sendo tragadas pelo ataque. A outra dimensão desapareceu com a perda de concentração de Kanon.

–           O que você tem na cabeça! –brandiu Saga se aproximando do irmão a passos largos. Iria me matar e todas a estas pessoas, só para se tornar cavaleiro!? – berrou furiosamente lançando diversos socos que se convertiam em feixes de luz. Responda-me, seu idiota!

–           Quem é você para me julgar –disse Kanon levantando sem dificuldade. Você assim como eu, quer ganhar a armadura mais do que tudo!

–           Não mais do que tudo! –brandiu como o rugido de um trovão. Não mais do que eu quero bem a você e a nossa mãe, não mais do que eu respeito o Grande Mestre, não mais do que eu amo Atena! –pontuava cada nome com um golpe na velocidade da luz.

–           Deixe essas palavras tolas e venha me enfrentar! –desdenhou Kanon, limpando o sangue do canto da boca.

–           Palavras tolas? –repetiu saga balbuciando. O que aconteceu com você, irmão –lamentou-se o gêmeo vestido de verde.

Kanon retornou a posição de ataque de antes, elevou seu cosmo ao máximo, e concentrou seu cosmo novamente. Dessa vez Saga elevou seu cosmo ao mesmo tempo que seu irmão, revelando uma cosmo energia igualmente poderosa. Todavia, Saga percebeu a mudança das intenções de seu irmão.

–           Explosão Galáctica!!!

Cavaleiros do Zodíaco Gemini: Cap 3 – A Face da Maldade

Cavaleiros do Zodíaco Gemini: Cap 4 – O Senhor da Guerra

Adicione-nos no Youtube, Facebook e Twitter.

Leia também:

Não perca o novo conto que se inicará essa semana Shinobi Legends!!! Leia o prólogo no link.

Leia também:

Shinobi Legends – Sinopse geral da saga

Cavaleiros do Zodíaco: Bandai fará armaduras em tamanho real!

Os Vingadores – The Avengers: Critica sem spoilers

Conan – O Bárbaro que conquistou o mundo

Kazuma Kuwabara – De bad boy número 1 a estudante modelo

7 Comments

Com a palavra você está