Google

Tropa de Elite 2 é escolhido como representante nacional no Oscar 2012

Tropa de elite 2 no oscar

Por: M. Barreto

Uma boa notícia, embora óbvia, para os cinéfilos nacionais: Tropa de Elite 2 foi escolhido para representar o Brasil no Oscar 2012.

Tropa de Elite 2: O inimigo agora é outro” é o maior sucesso de bilheteria dentre os filmes nacionais arrecadando incríveis 104 milhões de reais, sendo seu custo de 12 milhões.

No primeiro filme, conhecemos o líder do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais), Capitão Nascimento (Wagner Moura) em sua jornada de sucessão, encontrando o necessário em dois aspiras: O coração em André Mathias (André Ramiro) e a tenacidade em Neto (Caio Junqueira).  Após a morte de Neto, Mathias acaba por incorporar suas habilidades e se tornar o sucessor ideal para Nascimento que enfim pode descansar junto a sua esposa e seu filho por nascer. Este foi um sucesso de público, críticas e bilheteria, porém neste quesito perdeu muito pois a pirataria precoce (2 meses antes) diminuiu drasticamente os ganhos.

Coronel Nascimento

Já em Tropa de Elite 2, soubemos que após a saída de Nascimento, ele teve que retornar como Coronel, tendo sua esposa o deixado para viver com professor pacifista Fraga (Irandhir Santos). Numa operação no presídio de Bangu 1, Capitão Mathias se precipita ao matar um preso e destrói a sua carreira e a de seu Coronel. No entanto, Nascimento sai na mídia como herói e se torna subsecretário de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro. Em alguns anos, Coronel Nascimento de terno e gravata torna o BOPE uma máquina de guerra, suprimindo o tráfico das favelas. No entanto, os bandidos conseguiram alternativas nos “gatos” e os policiais corruptos começaram a beber desta fonte diretamente.

Coronel Nascimento então percebe a escalada da bandidagem, com o surgimento das milícias, enraizadas em populismo e políticas assistencialistas inescrupulosas, uma máfia aparentemente imbatível.

Veja também:  Veja trailer da nova animação de ThunderCats exibido no Cartoon Network

O Filme segue uma clássica fórmula de se mostrar uma determinada trajetória de herói, (semelhante a de God Of War 2 e 3, no qual o herói todo poderoso cai para traçar uma nova trajetória e se tornar ainda mais poderoso do que antes): No inicio, Coronel Nascimento está em seu ponto de equilíbrio, do qual cai após Bangu 1, e então passa anos até conseguir uma nova posição, mais estratégica para ajudar o sistema, enquanto seu filho adora Fraga e o odeia, seu melhor amigo, André, lhe é rancoroso e a criminalidade começa a aumentar novamente. No entanto, ele acaba percebendo que o sistema é pura corrupção e agora somente ele está em posição de derrotar essa ameaça.

Trailer

TE2 catapultou a carreira de Wagner Moura, que após seu magistral Coronel Nascimento, tornou-se o vilão do longa hollywoodiano Elysium e de José Padilha que dirigirá o remake de Robocop.

A decisão do Ministério da Cultura foi unanime em levar Tropa 2 ao Oscar, vencendo outros longas como Bruna Surfistinha (ou A p&%# que se deu bem), As mães de Chico Xavier (ou As tias de Charles Xavier) e Assalto ao Banco Central (ou Roubando com estilo).

Agora só espero que Academia de Cinema premie adequadamente Elite Squad 2 e não faça como Central do Brasil (perdeu honrosamente para A Vida é Bela de Roberto Benigni, mas Fernanda “magnânima” Montenegro perdeu para a recém-saída das fraldas Gwyneth Paltrow).

E lembrem-se: Missão dada, parceiro, é missão cumprida!

Adicione-nos no Facebook e Twitter.

Leia Também:

Yu Yu Hakushô, o Anime Perfeito

Conan – O Bárbaro que conquistou o mundo

Agora é oficial: Os Cavaleiros do Zodíaco ganharão filme de Computação Gráfica

Carolina Munhoz escritora de “A Fada”: Do que os bons escritores são feitos?

Batman: The Dark Knight Rises – Mulher Gato, Bane e muito mais!

Como diria Yoda: com a palavra você está