Google

HEROFIRST 3: Gotham: Gordon, Mafia e a origem de Batman

Definitivamente, os quadrinhos tomaram conta da televisão e cinema. Pra onde você olhar verá personagens da Marvel, DC, entre tantos outros ganhando espaço com filmes e séries. Depois de Arrow, Agents Of S.H.I.E.L.D, o prometido The Flash, além de series exclusivas do NetFlix como O Demolidor, chega a hora do universo de Batman ganhar sua própria história de origem, mas se engana quem acha que vai ver o morcego em ação. Batman não é o foco nessa nova série, mas quem vai ganhar espaço é o Comissário Gordon, ainda quando era um simples detetive. Essa será a história de Gotham.

gotham serie poster

Gotham, a série que passará pelo Canal Pago Warner aqui no Brasil e estreia nessa Segunda-Feira, dia 29 de Setembro, e promete contar a origem de vários personagens conhecidos do universo do Cavaleiro das Trevas, mas focando no conhecido Comissário Gordon. Mas essa é uma história de origem, então conhecemos o ainda novato, Detetive JamesJimGordon (Ben McKenzie) que acaba de chegar a Gotham City com a alma de um herói de guerra. Seu primeiro caso, ao lado do seu parceiro Harvey Bullock (Donal Logue) é descobrir o assassino de Martha e Thomas Wayne. Sim já começamos com a origem de Batman também. Nesse mesmo cenário, temos a gatuna Selina Kyle (Camren Bicondova) se esgueirando pelas ruas escuras e sendo testemunha ocular do assassinato.

Mesmo contrariado, Harvey aceita o caso e juntamente com Gordon partem em busca de pistas, testemunhas e possíveis peças chaves para descobrir o que realmente houve. Todo o episodio gira em torno desse caso e com reviravoltas se confirma o que está claro no inicio do episodio: a morte de Martha e Thomas Wayne não foi um simples assalto. Tem algo bem maior por trás disso. Após casos e acasos, temos (o que acredito ser peça fundamental na série para a confiança de Bruce em Jim) uma escolha que Gordon dá ao recém-órfão Bruce. Digamos que ele tem, durante um pequeno instante, o destino de Gordon nas mãos. A série, assim, cria a relação de Bruce Wayne (David Mazouz) e seu futuro aliado Jim Gordon.

Veja também:  Batman: O Legado do Morcego parte 3 - dos quadrinhos ao cinema

Em seu episodio piloto, Gotham consegue deixar claro para o que veio: Contar uma historia de origem, mas sem Super Heróis. A trama leva a mais um clássico de Policia x Máfia do que outro gênero, mas ainda assim, dá fortes pistas de futuros inimigos do Morcego. A trama é simples e não fica tentando explicar tudo no primeiro episódio, acredito que isso fique mais pra frente, em episódios específicos para isso. O roteiro segue uma linha bem simples: caso, investigação e resolução. Afinal, é uma série sobre detetives!

gotham-primeiro-episodio-gordon

A cidade ficou muito bem caracterizada, mas ainda tem muito mais a mostrar. A direção de fotografia conseguiu dar aquele ar que só Gotham tem. O jeito da filmagem, closes, e sequências de ação me lembraram um pouco de Arrow (Arqueiro Verde), mas isso tudo vem do legado que Nolan criou na trilogia Batman – O Cavaleiro da Trevas. Um ar realista e sombrio que segue os personagens. O diferencial é que, possivelmente, veremos mais cenas durante o dia em Gotham do que em comparação as que citamos.

Apesar de ser uma série que gira em torno de Gotham City, ela não é sobre o Batman, então se você está esperando algo nesse sentido, esqueça. O que você verá é um jogo de gato e rato, policia e máfia, certo e errado.

O nome “Gotham” cria expectativas, mas o piloto não traz nenhuma novidade e nada que marque a estreia, mas ainda assim, é uma boa estreia, mas nada que te deixe com animo para ver o próximo episódio, a não ser pela curiosidade de ver o desenvolvimento da “mitologia Batman”. E isso eles souberam usar. Apesar de tudo, eu gostei, mas não fiquei vidrado na estreia. De toda forma, esse é somente o primeiro episódio, uma primeira impressão e todos nós sabemos que não devemos julgar o livro pela capa, mas pelo conteúdo.

Veja também:  Herovideo 30: Batman do Futuro - Homenagem ao Morcego

Acredito de verdade que essa série pode crescer muito e se tornar uma referência. Depende somente da equipe técnica em achar o tom certo para recontar uma Gotham de um jeito jamais visto.

Adicione-nos no FacebookYoutubeTwitter (Patrick Duarte) e entre no grupo HEROPOWER! Ah e não esqueça de visitar o Pensamento Livre!

Leia também:

Shingeki no Kyojin: Segunda temporada de Attack on Titan confirmada!

Entre Herois 1: Patricia Fagundes e o musical de One Piece

Fim de Naruto: Mangá está a um passo do final

Hero TV Episódio 1: Filmes de Games – Os bons, os péssimos e a nostalgia

Agentes da SHIELD – Trailer completo da série da Marvel

Com a palavra você está