Google

HEROFIRST 9: Legends of Tomorrow ou a Liga da Justiça fracassada?

DC’s Legends of Tomorrow (Lendas do Amanhã) é a nova série baseado no universo de Arrow e The Flash. A série segue a história de Rip Hunter (Arthur Darvill), um dos Mestre do Tempo, que decide reunir uma equipe de superherois para derrotar Vandal Savage (Casper Crump)antes que ele domine o mundo. A equipe é formada pelas “sobras” de superherois em Arrow e Flash.

Legends of Tomorrow poster elenco

Legends of Tomorrow chamou muita atenção quando no fim das temporadas de Arrow e The Flash em 2015 veio com um trailer fantástico com a participação de heróis e vilões desse universo e inclusive os dois protagonistas. Infelizmente, muito do que vimos no “piloto original” foi retirado. A luta no futuro se tornou uma luta no passado e Oliver Queen e Barry Allen passaram longe da equipe, tornando-os muito menos poderosos do que antes. No original, o character design do Nuclear ainda era com Ronnie e Professor Stein (Victor Garber) é apresentado como “uma metade de herói”, porém seu novo parceiro agora faz parte da equipe. Provavelmente, as cenas desse piloto serão utilizadas no decorrer da série (futuros alternativos?).

De fato, o conceito de Viajem no Tempo para a Legends of Tomorrow realmente deu um tom interessante, podendo englobar diversos momentos históricos e perigos de alterações graves da linha temporal. Contudo, isso é uma face de dois gumes. Em The Flash, os produtores mostraram que histórias de Viagem no Tempo não são o seu forte e que apenas o usam como recurso “a mais” para o Velocista Escarlate.

Veja como seria no "piloto original".
Veja como seria no “piloto original”.

Entretanto, para causar um plot twist na história, os produtores investiram no termo “não importante para a linha temporal”. Mas ora bolas, qualquer nerd sabe que tudo é importante para a linha temporal! Se você dá um soco em um bêbado nos anos 70, talvez alguém não se torne presidente no Brasil. Isso se chama Efeito Borboleta. Você tem que entrar e sair da Viagem no Tempo como se nada tivesse acontecido ou as consequências podem ser catastróficas. Ninguém é “não importante” para a linha temporal.

Veja também:  The Flash: Erros e acertos do início da segunda temporada

No quesito qualidade visual, Legends of Tomorrow não deixa a desejar. O futuro apocalíptico bem feito, os anos 70 bem estereotipado e a máquina do tempo está excelente. Sara Lance (Caity Lotz) de Canário Branco ficou excelente, assim como Ray Palmer (Brandon Routh). Capitão Frio (Wentworth Miller) e Onda Térmica (Dominic Purcell) ainda não convenceram pelo motivo de entrar para a equipe. O novo Nuclear ainda continua forçado para mim, bem como o casal Mulher-Gavião (Ciara Renée) e Gavião Negro (Falk Hentschel).

A série irá ao ar todas as quintas-feiras nos EUA, sem data de estreia no Brasil e somará 16 episódios ao todo. Vamos ver o que a temporada reserva e o possível crossover com The Flash e Arrow no final das temporadas destas duas e midseason de Legends of Tomorrow e a chegada de novos heróis como Jonah Hex e Constantine. A série tem potencial, mas ainda está o desenvolvendo, assim como seus personagens.

Adicione o Heroi X no FacebookTwitter, PinterestYoutube, Instagram e Google plus. Entre no grupo HEROPOWER.

Leia também:

Quem São: Cisco Ramon e Caitlin Snow – série Flash

The Flash: Crítica, teorias do final e multiverso

The Flash: Erros e acertos do início da segunda temporada

The Ridiculous Six: Porque o filme é o mais visto da NETFLIX?

Marvel anuncia Homem Formiga e Vespa e três novos filmes até 2020

2 Comments

Como diria Yoda: com a palavra você está