Google

Batman – O Legado do Morcego: parte 1 – O Cavaleiro das Trevas

Batman é sem dúvida o herói preferido da maioria dos fãs de quadrinhos e de seus filmes derivados. Em O Legado do Morcego, nós iremos fazer uma retrospectiva da trajetória que transformou um órfão bilionário num dos maiores superheróis da DC Comics. Nós também vamos entrar em sua mente e entender como ela funciona.

Batman gargula epico

Batman simbolo logo

Bat-história

Batman foi criado pelo desenhista Bob Kane com a colaboração do escritor Bill Finger, tendo sua primeira aparição na revista Detective Comics #27, em Maio de 1939. Nessa época, era basicamente a história do milionário Bruxe Wayne que perdeu os pais assassinados quando tinha 8 anos e cresceu para se tornar um vigilante vestido de morcego que lutava contra o crime.

À princípio, a persona de Batman era a de um vigilante violento que usava até armas e matava, violência semelhante à do Superman em seu início de carreira. Por conter violência em excesso para histórias em quadrinhos da época, foi então que em 40, Bruce Wayne adotou um jovem artista circense como parceiro, Dick Grayson, que acabara de perder os pais, os famosos Graysons Voadores. Assim nasceu Robin, que se tornaria essencial para formar a personalidade de Batman, deixando de ser tão violento e passando a ter um código moral que o acompanharia pela vida toda: Justiça a qualquer preço, sem usar armas ou matar uma pessoa.

Batman Alex Ross

Bat-psique

A personalidade de Batman foi muito alterada durante as Eras dos Quadrinhos. No inicio, ele era apenas Bruce Wayne, um playboy milionário amargurado que desejava fazer justiça com as próprias mãos e se disfarçava de Batman. Com o tempo, principalmente após Stan Lee criar os super-heróis realistas com Quarteto Fantástico e Homem Aranha, isso não era mais o bastante e cada vez mais se adentrava na mente do herói. Só perder os pais não era o bastante, ele teria que crescer no topo de uma cidade que emanava sujeira e sangue, na qual máfias e bandidos de rua dominavam e oprimiam as pessoas comuns, na qual a policia era corrupta e os valores invertiam-se. Ou seja, ele teria que crescer em Nova Iorque, Rio de Janeiro, nas grandes cidades do nosso mundo. E assim, Gotham City deixou de ser irreal para ser aquilo que nos rodeia. Então, Batman deixou de ser um homem fantasiado de morcego para ser o que no nosso mundo seria o mais real para esse vigilante atormentado: um louco. Em maior ou menor grau, dependendo da história, contudo essencialmente alguém com distúrbio psico-afetivo que beira a psicopatia em diversos momentos e dependente da violência e da escuridão, mas que devido a sua retidão moral foca seus impulsos em prol da justiça. É o Batman que, agora, se disfarça de Bruce Wayne.

Batman amigos aliados unidos

Bat-Aliados

Mesmo sendo um herói solitário, Batman sempre teve uma grande gama de aliados e por muitos anos andou em companhias. Um grande aliado foi seu mordomo Alfred Pennyworth, que possui habilidades em medicina de guerra, sendo extremamente útil quando Bruce está ferido e também um conselheiro e confidente fiel; O Comissário James “Jim” Gordon é seu grande aliado junto à lei, quer a polícia de Gothan esteja a favor ou contra o Morcegão; Outro aliado que é parte fundamental das aventuras do homem morcego é o menino prodígio, conhecido pelo alterego de Robin. Ou os Robins, pois houve muito mais que um, sendo comentando em artigo em separado; A Batgirl, Bárbara Gordon, filha do Comissário Gordon, é mais uma grande adição à bat-família, principalmente, quando se tornou a Oráculo após A Piada Mortal. A Mulher-gato (Selina Kyle) é considerada “o grande amor da vida Batman”, desde sua época de vilã, passando por seu relacionamento intimo durante sua fase de heroína. E de fora de Gotham vem aquele que é considerado o seu melhor amigo, apesar da frieza e distancia de Wayne: Clark Kent, o Superman.

Veja também:  Superman - Homenagem comparativa do Herói!

Batman roupas uniformes

Bat-AKA

Além do nome real Bruce Wayne e do alterego heroico Batman, ele também possuí muitos títulos (As Know As) e apelidos únicos que o identificam como: O Cavaleiro das Trevas, O Cruzado de Capa (ou encapuzado), O Cavaleiro de Gotham, O maior detetive do mundo e Morcego/ Morcegão (Bats/B-Man), geralmente os comediantes o chamam assim, como Flash ou Coringa. Houve um tempo em que ele inventou um criminoso para poder se infiltrar no submundo de Gotham que se chamava Fósforos Malone.

Batman vilões unidos

Bat-Vilões

Batman possui uma das galerias de vilões mais invejadas do universo das HQs. Entre eles estão os conhecidos devido às adaptações cinematográficas como o Pinguim, Charada, Espantalho, Hera Venenosa, Mulher Gato, Senhor Frio, Bane, Duas Caras, Ra’s Al Ghul e Coringa, este sendo considerado o arquiinimigo de Batman e também será comentado em post separado. Além deles existe uma imensidão de vilões. Entretanto algo une a todos: Eles são LOUCOS. Todos, sem exceção, sofrem de algum distúrbio psiquiátrico grave, desde TOC (transtorno obcessivo-compulsivo, no caso do Duas Caras que também tem dupla personalidade) até a total psicopatia, no caso do Coringa. Por isso todos não vão para a prisão comum, mas para um instituto psiquiátrico: O Asilo Arkham (Arkham Asylum).

Destacando-se entre eles temos Selina Kyle, a mulher gato, que fica em cima do muro quando a sua definição de vilã ou heroína. Ela costuma roubar, e gosta de seduzir o mascarado. Batman não a trata como os outros bandidos, na esperança dela se redimir dos seus crimes. Em algumas raras ocasiões ela deixa sua vida bandida e ajuda Batman na luta contra o crime.

Batman capa

Bat-Poderes e Bat-fraquezas

Batman é um dos poucos heróis que não possui superpoderes, ao contrario, ele é superhabilidoso. Seus anos de estudos e treinos em diversas artes marciais, ciências, psicologia, teatro e investigação lhe deram o título de “O maior detetive do mundo”, sendo mestre artes marciais, fugas e invasões.

Veja também:  Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge ganha dois jogos virais!

Fora isso, a Waynetech lhe proporciona vasto arsenal militar. Desde seus batarangues (bat-rang) e Grampos (grample) até seus veículos como Batmóvel, Batwing e Batpod.

Sua versatilidade em combate corpo a corpo e a inteligência incrível (que aumentou muito nos últimos anos) unidas com sua habilidades específicas o classificam como o melhor lutador marcial da DC Comics e ser humano não-meta-humano mais poderoso da Terra. Apesar de todas as suas qualidades sua maior fraqueza é ser justamente humano, ficando várias vezes à beira da morte em conflitos, desgastado e com feridas que dificultam sua volta à jornada de vigilante e as neuroses que dificultam suas missões. Ele também criou duas regras para si: nunca usar uma arma de fogo e nunca matar. Pode-se dizer que sua coragem e coração bondoso são grandes armas, pois não foram poucas as missões concluídas e os inimigos reabilitados que conseguiu mostrando seu lado humano.

Batman é a raiz moral de sua cidade, da Liga da Justiça, ele é sensato e tem bom coração apesar de seu lado obscuro. Em muitas vezes é citado que Gotham não pode ficar sem o Batman e podemos extrapolar dizendo que o universo DC não poderia sobreviver sem o Batman.

Quinta que vem tem a parte 2 sobre as Eras dos Quadrinhos e as mudanças no Homem Morcego.

Fique com o trailer de O Cavaleiro das Trevas Ressurge:

Adicione-nos no Youtube, Facebook e Dr. Mauricio Barreto (@morfeubarreto) e/ou o Patrick (@Pensa_livre).

Leia também:

Goku versus Superman: O encontro de dois mundos

E se Dragonball fosse americano?

Star Trek: Uma Jornada nas Estrelas que mudou o mundo

Another – um anime de mistérios, suspense e sucesso

Confira o Trailer de Detona Ralph – uma homenagem aos fãs dos games

6 Comments

Com a palavra você está