Google

Rogue One – Uma história Star Wars: Crítica

Rogue One – Uma história Star Wars teve missões difíceis: Retirar os Jedi e a família Skywalker do foco, mantendo os fãs mais conservadores felizes com o resultado. O conceito de Rogue One nasceu de algumas pequenas ideias pouco exploradas nos filmes anteriores e de aparentes falhas de roteiro de George Lucas na trilogia clássica de Star Wars. Leia sabendo que só tem spoilers aqui!

rogue one uma historia star wars elenco

No início de Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança, um destróier imperial comandado por Darth Vader caça a nave da Princesa Léia onde estão os planos roubados da primeira estrela da Morte. Esse pequeno ponto do roteiro unido ao fato de sempre ter sempre um ponto vulnerável nas Estrelas da Morte, o qual era encarada, muitas vezes, como uma falha de roteiro ou clichê, deram origem ao conceito desse primeiro spin-off de Star Wars.

chirrut imwe donnie yen rogue one - uma história star wars

Mesmo com os seis membros do Rogue One sendo novos, as 2h e 13 min de filme foram o suficiente para conhecermos e adorarmos eles. Destaque para Chirrut Îmwe (Donnie Yen) como um monge cego guardião do Templo da Religião da Força em Jedha e K-2SO, o androide que lembra o Sheldon de The Big Bang Theory misturado com TARS de Interesterlar. A protagonista Jyn Erso (Felicity Jones) consegue ir além do estereótipo de “mulher forte” e é uma personagem crível, sendo ainda melhor do que Rey em Star Wars O Despertar da Força, com um arco ainda melhor construído.

A falha estrutural da Estrela da Morte, um dos pontos mais reutilizados em Star Wars, e que se tornou uma marca da série, foi finalmente explicado como um engenhoso plano de Galen Erso (Mads Mikkelsen), pai de Jyn, para a destruição da arma. Como ele sabia que a Estrela da Morte seria construída com ou sem sua ajuda, ele decidiu ficar e se tornar indispensável à construção da arma, até o ponto onde criaria a falha e enviaria os planos para seu amigo rebelde Saw Gerrera (Forest Whitaker).

Veja também:  Total Recall - O Vingador do Futuro tem primeiro Trailer

grand moff tarkin rogue one - uma história star wars

Gareth Edwars, o diretor de Rogue One – Uma História Star Wars, consegue não apenas trazer elementos da trilogia clássica, como a tecnologia mostrada é toda baseada no que foi utilizado nos anos 70 e com cenas dos pilotos foi trazida diretamente do material original que ficou de fora de Uma Nova Esperança. E se isso ainda não fosse o bastante, ele traz de volta dos mortos Peter Cushing num CGI inacreditável para reviver o papel do Grand Moff Tarkin, o líder da Estrela do Morte e a Princesa Léia.

Outros easter eggs, como a aparição de R2-D2 e C-3PO, Chopper e os dois “caras da cantina de Mos Eisley“, a frase “Eu tenho um mal pressentimento sobre isso” sendo cortada e o rebelde da torre de Yavin IV olhando as naves saírem não fazem a história andar, mas cumprem o papel de fazer os fãs darem pequenos sorrisos e apontar como o Capitão América e dizer “Eu entendi a referência”. A trilha sonora clássica também é mais um easter egg da trilogia antiga do que um composição com a nova trilha.darth vader rogue one - uma história star wars

Outro ponto que vale destacar é Darth Vader. Além de sua aparição “em suspensão” que por si só já é tensa, mas a sua cena final é de dar medo. Darth Vader agora poder ser considerado, além de vilão, um monstro do cinema, pois é assim que ele é apresentado nessa cena que não pode ser descrita com menos do que “maravilhosa”. Com certeza, a melhor participação de Darth Vader em todos os filmes.

Rogue One sofreu o primeiro impacto na opinião dos fãs quando disseram que o filme havia sido refilmado pela metade, contudo, agora nós podemos dizer que o fizeram de tudo para melhorar ainda mais a história. Um ponto criticado antes da estreia foi a decisão de retirar o letreiro amarelo, o qual seria deixado apenas para a saga principal. Mas quando o filme começa, não sentimos tanta falta.

Veja também:  O Espetacular Homem Aranha (The Amazing Spiderman): Trailer japonês com novas cenas

rogue one uma historia star wars poster

Rogue One – Uma História Star Wars definitivamente é Star Wars mesmo sem letreiro amarelo e um Jedi Skywalker. Rogue One é o filme que os fãs de Star Wars mereciam desde o Império Contra-Ataca! É o melhor filme de 2016!

Adicione o Heroi X no FacebookTwitter, PinterestYoutube e Google plus. Entre no grupo HEROPOWER. Entre no grupo HEROPOWER e Star Wars – Trilogia Disney!

Leia também:

Star Wars: A Força Luminosa e o Lado Negro da Força

Quem São: Cisco Ramon e Caitlin Snow – série Flash

Goku vs Superman: O encontro de dois mundos

Os 5 melhores episódios de Star Trek A Série Original

Another – um anime de mistérios, suspense e sucesso

One Comment