Google

Crítica Ajin – Anime da Netflix

É uma série original Netflix. É um anime. O melhor de dois mundos. Ajin: Demi Human conta a história de um mundo normal que é surpreendido pelo fato de haverem seres parecidos com seres humanos que são imortais. A história de Ajin é contada através dos olhos de Kei Nagai, o qual descobre morrendo e revivendo, ser um Ajin e será perseguido pela polícia e por agentes públicos com interesse em pesquisar sua condição.

Crítica Ajin poster

Kei Nagai não é um protagonista típico. Ele não é carismático. Como definido pela sua irmã, ele é um “otário”. Alguém que não se importa com outras pessoas. Junte isso à sua inteligência e ele é alguém perfeito para fugir de agentes do governo. Desde o descobrimento do primeiro Ajin, os governos de todos os países lutam para obter informações e os espécimes para pesquisa. Além, claro de sempre buscar por novas ameaças.

Além de reviver após cada morte, o Ajin ainda tem a grande vantagem de se curar cada vez que faz isso, o que gera cenas de suicídio/recuperação geniais. Outra particularidade de um Ajin é que ele pode criar um IBM (Invisible Black Matter ou Matéria Negra Invisível), um corpo humanoide criado de matéria invisível e controlado remotamente.

Sato Ajin

A história se desevolve em torno da fuga de Kei Nagai do agente do governo Yu Tosaki e de sua assistente Izumi Shimomura. Contudo, a grande complicação da história ocorre quando o terrorista Ajin, Sato se interessa por Kei e parte numa cruzada de levar Kei para o lado negro da força ao mesmo tempo que cria o caos no Japão.

Sato, aliás, é o melhor personagem de Ajin. Manipulador, guerreiro e estrategista ao extremo, Sato te faz entender o medo das autoridades em relação aos Ajin. E o pior, a cada dia, mais seguidores se juntam a ele, o qual transmite suas ações pela internet.

Veja também:  Harry Potter e o retorno ao mundo da fantasia

Uma das grandes façanhas de Ajin é não se prender aos dramas japoneses clássicos. Enquanto em diversos animes, inclusive muitos de sucesso, os personagens se prendem em dramas existenciais, em Ajin, o drama é tratado como na vida real, você os tem, mas isso não te impede de fazer o que tem que ser feito.

Ajin anime ibm fight

A animação em Cel Shading difere da maioria das produções por apresentar um CGI que lembra animações de games da geração 128 bits. Mas mesmo assim, a história é tão boa que te faz esquecer em alguns momentos. Mas a grande vantagem está na luta entre IBMs, as quais realmente ficam muito mais fluidas com o Cel Shading.

Em 2012, o mangá Ajin foi lançado pela editora Kodansha, sendo animado em 3 filmes e agora serializado pela Polygon Pictures (Knights of Sidonia). Todos os episódios já estão disponíveis na Netflix. Já ficamos no aguardo da segunda temporada para o ano que vem, assim como esperamos que o mangá venha para o Brasil.

Adicione o Heroi X no FacebookTwitter, PinterestYoutube, Instagram e Google plus. Entre no grupo HEROPOWER.

Leia também:

Goku vs Superman: O encontro de dois mundos

Boku Dake Ga Inai Machi: Anime com suspense e viagem no tempo

Death Note – Quando se estraga a melhor idéia

Another – um anime de mistérios, suspense e sucesso

Grande Mestre de Cavaleiros do Zodíaco: Desvendando o mistério

9 Comments